João Maria Espanca

(Vila Viçosa, 1 Fev 1866 - Évora, 3 Jul 1954)

 

Joao Maria Espanca


Dele disse Túlio Espanca: «Era um homem ímpar, um erudito. Foi ele que introduziu o cinema no Alentejo, montando a primeira sala de projeções. Foi um  grande fotógrafo dos fins do século passado, o padroeiro da banda de Vila Viçosa, e ainda  pintor “naif"...»

 

Pai de Apeles e de Florbela Espanca, foi Antiquário e colecionador de antiguidades, pessoa culta e um republicano aficionado. Foi pintor e retratista.
Na casa de João Espanca algumas das personalidades de cultura frequentavam tertúlias de letras e boémia. Foi graças a ele que Florbela deixou um vasto registo fotográfico da sua juventude.
Com ligações às esferas revolucionárias e humanistas da época influiu que Florbela e Apeles tivessem uma educação de cultura e liberdade. A sua influencia reflete-se indelevelmente no seio da família Espanca e dos seus contemporâneos.

 

Deixou memoráveis registos fotográficos dos piqueniques e encenações humoristas dos seus momentos de lazer quando ainda jovem, com grupos de amigos e família. Foi na sua biblioteca que Túlio Espanca contactou com o mundo da literatura.

 

 Familia Joao Espanca
Florbela, Mariana (Inglesa), João e Apeles Espanca